Estudo revela os benefícios do exercício

Reprodução

REDAÇÃO

Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Boston (EUA), fizeram um amplo estudo com mais de 2 mil participantes e comprovaram que exercícios moderados a vigorosos aumentam o condicionamento físico em três vezes.


A pergunta que o professor assistente da Faculdade de Medicina, Matthew Nayor, responsável pelo estudo, e toda a sua equipe fez ao longo de toda a pesquisa foi; "E, se você fica sentado o dia todo em uma mesa, mas ainda consegue sair e se exercitar, isso anula suas seis, sete ou oito horas de comportamento sedentário?"

“Nosso estudo foi elaborado para abordar essa lacuna, mas também estávamos interessados ​​em responder a várias perguntas específicas.” disse Nayor.

Exercícios intensos, são três vezes mais eficientes para melhorar o condicionamento do que apenas caminhar e 14 vezes mais eficientes do que apenas diminuir o sedentarismo no dia a dia – como trocar elevador por escada, levantar para trocar o canal da televisão.

Contar o número de passos que as pessoas dão por dia, fazem de fato alguma diferença no condicionamento físico? Os pesquisadores concluíram que sim, e em todos os gêneros, faixas etárias e condições de saúde. 

Pessoas que têm um número mais alto que a média diária de passos e que praticam exercícios mais intensos por curtos períodos também têm um condicionamento físico acima da média, independentemente de quanto tempo permanecem sentadas.

Praticar exercícios de alta intensidade são mais benéficos do que caminhadas leves, exercícios mais intensos promovem uma melhora na performance durante o pico da atividade.

“Participantes com altos índices de atividade em um primeiro momento, mas baixos níveis de atividade cerca de 8 anos depois, tinham níveis equivalentes de condicionamento. Isso sugere que possa talvez haver um ‘efeito memória’ de atividades físicas praticadas no passado com o atual índice de boa forma”, explicou Matthew.

O estudo usou definições estabelecidas em outros estudos como base para esta pesquisa. Esses trabalhos consideram que andar entre 60 e 99 passos por minuto é um exercício leve, andar entre 100 e 129 passos por minuto é moderado e acima de 130 passos por minuto é intenso.

Essa foi a maior pesquisa já feita com o objetivo de entender o quanto ser sedentário, caminhar e fazer exercícios de rotina afeta a aptidão física.

MAIS ACESSADAS AGORA: