Vacinas da Covid-19 doadas a Conmebol já estão prontas para serem distribuídas a clubes e seleções

Vacina conmebol BR - Reprodução Internet

Da redação: DEVITO | devitooficial@yahoo.com

No final da noite da última quarta-feira, 28, foi entregue a Conmebol, as 50 mil doses da Coronavac, vacina contra o novo coronavírus, que serão distribuídas entre clubes e seleções pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).


Na manhã desta quinta-feira, 29, a entidade já informou que irá da início a distribuição das doses de vacina contra a Covid-19.

Conforme comunicado divulgado no último dia 22, a Conmebol ressaltou que o lote foi “fabricado especialmente para o futebol sul-americano e que, de nenhum modo, são vacinas destinadas a qualquer outro fim”. A entidade reiterou que “o processo de distribuição dos imunizantes começará nos diferentes países, em estrito cumprimento das normas legais e sanitárias em vigor em cada um deles”. A legislação brasileira veda o uso de vacinas contra coronavírus por entidades privadas

A CBF precisa de autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para receber as doses destinada a seleção e clubes brasileiros. O órgão informou que ainda não foi consultado pela Confederação Brasileira de Futebol sobre o tema.

As doses das vacinas que foram entregues a entidade, foram enviadas pela farmacêutica Sinovac, as doses de CoronaVac, as mesmas que são aplicadas no Brasil, nada tem haver com as que são feitas por aqui pelo Instituto Butantan.

MAIS ACESSADAS AGORA: