Nos pênaltis Palmeiras perde título da Recopa Sul-Americana

Recopa 2021 (reprodução internet)


Da redação: DEVITO | devitooficial@yahoo.com - Informações: UOL

Aconteceu na madrugada dessa quinta-feira,  15, a Recopa Sul-Americana 2021 em uma final marcante, disputavam o título a equipe brasileira Palmeiras contra a argentina Defensa y Justicia. Mais uma vez não deu para a equipe alviverde. Em uma partida dramática, contou com um desfecho imprevisível. O clube argentino que havia perdido por 2 a 1 para o Palmeiras em Buenos Aires, no primeiro jogo, devolveu o resultado em Brasília (DF) e, após prorrogação, conquistou o título nos pênaltis. Luiz Adriano e Weverton perderam cobranças pelo Palmeiras. 


O time comandando por Sebastián Beccacece foi superior durante boa parte do jogo, mas só conseguiu a virada aos 48 do segundo tempo após sair atrás. O gol nos acréscimos levou a partida para a prorrogação que decorreu sem alterações no placar. Nos pênaltis, os argentinos levaram a melhor.

FICHA TÉCNICA 

Palmeiras 1 x 2 Defensa y Justicia 

Competição: Recopa Sul-Americana 
Data: 14/04/2021 (quarta-feira) 
Horário: 21h30 (de Brasília) 
Local: estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF) 
Árbitro: Leodán Gonzalez (URU) 
VAR: Julio Bascuñán (CHI) 

Gols: Raphael Veiga, aos 23 minutos do primeiro tempo; Braian Romero, aos 31 do primeiro tempo 

Amarelos: Sebastián Beccacece, Benitez, Frias e Loaiza; Wesley, Marcos Rocha e Patrick de Paula 

Vermelhos: Viña, Cícero Souza (gerente de futebol), Vitor Castanheira (auxiliar) e Magoo (preparador físico do Palmeiras); Braian Romero 

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Luiz Adriano), Gustavo Gómez, Luan e Viña; Danilo, Patrick de Paula (Felipe Melo) e Raphael Veiga (Gabriel Menino); Wesley (Gabriel Veron, Empereur), Breno Lopes (Mayke) e Rony. Técnico: Abel Ferreira.

DEFENSA Y JUSTICIA: Ezequiel Unsain; Matias Rodríguez (Britez), Adonis Frias, Fernando Meza, Marcelo Benitez (Breitenbruch); Raúl Loaiza (Hachen), Enzo Fernandez, Francisco Pizzini (Merentiel) e Rotondi (Isnaldo); Walter Bou (Escalante) e Braian Romero. Técnico: Sebastián Beccacece.

MAIS ACESSADAS AGORA: