News | Basquete - Variante brasileira faz Colômbia proibir seleção Brasileira de Basquete de jogar em seu território



Da redação: DEVITO | devitooficial@yahoo.com Informações: EBC

O Ministério da Saúde da Colômbia proibiu a entrada no país da seleção brasileira masculina de basquete que disputaria as duas últimas rodadas das eliminatórias da AmeriCup, a Copa América da modalidade. A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) foi comunicada pela semelhante colombiana na última segunda-feira (15), e confirmou nesta terça-feira (16), que a equipe não enfrentará Panamá e Paraguai nos jogos destes domingo (21) e segunda-feira (22), em Cali. O Brasil já está classificado para a competição continental, que será em 2022. Conforme nota divulgada pela CBB, o veto leva em conta a pandemia e a “variante brasileira” do novo coronavírus (covid-19). 



O governo colombiano comunicou a proibição à federação local na última sexta-feira (12). A Federação Internacional de Basquete (FIBA) foi acionada para buscar uma liberação excepcional para que o Brasil realizasse as partidas, mas sem sucesso. 

“Em 2021, expedimos a resolução 080, de medidas preventivas e de controle sanitário de passageiros provenientes do Brasil por conta do novo coronavírus. Considerando a situação da pandemia atual e a emergência de uma variante no Brasil com um comportamento clínico e epidemiológico diferente, e para salvaguardar o direito à saúde, não poderão ingressar no país”, disse Julián Niño, diretor do Departamento de Epidemiologia da Colômbia, no comunicado à federação do país, em declaração reproduzida pela nota da CBB.

MAIS ACESSADAS AGORA: