Saiba mais sobre o surfe


Da redação: Desporto | desportooficial@yahoo.com - @desportooficial

Não se sabe ao certo quando surgiu a pratica do surfe, alguns historiadores defendem a ideia de que surgiu nas Ilhas Polinésias. A história conta que quando os nativos dessas Ilhas saiam para pescar optavam por deslizar em seus barcos através das ondas com o intuito de voltar mais rápido à terra firme.

Publicidade
O surfe é considerado um exercício complexo, já que envolve o trabalho de todos os grupos musculares do corpo. O praticante faz força, bate pernas e faz movimentos de braço, o que auxilia na definição de curvas e músculos do corpo. Seu trabalho aeróbico promove o desenvolvimento da resistência cardiovascular. O surfe também contribui para melhorar a postura, já que exige exercício de equilíbrio.

O gasto energético de uma hora de surfe é de 300 kcal, mesma quantidade gasta em uma hora de aula de step.

Conheça alguns tipos de pranchas:

 Longboard
Tem mais de 9 pés (1 pé =30,5cm), é indicada para os iniciantes. Tem melhor flutuação e bico arredondado, característica do surfe mais clássico. Boa para pegar ondas não tão grandes, mais “gordas”.

 Gun
Parecem uma folha: grandes, mas mais estreitas que as longboards. Tem de 8 a 11 pés. Boa para ondas grandes e tubulares, como as do Havaí.

 Funboard
A partir de 7 pés de comprimento. É mais fácil de manusear e mais versátil em manobras que a longboard, com boa flutuação.

 Pranchinha
Prancha de competição, com 5 a 6,6 pés. Permite maior velocidade, para fazer manobras radicais.

 Soft board
De 6 a 11 pés, flutua bem e facilita a remada e pegar ondas pequenas. Seu objetivo é aumentar grau de segurança, sendo omum nas escolas de surfe.


MAIS ACESSADAS AGORA: