Entrevista Especial com Carlos Aragão

Imagem: W & A Stúdio fotográfico
Meu convidado desta vez começou sua carreira ainda muito jovem. Aos 16 anos, conquistou o primeiro título de sua vida, o Concurso Garoto e Garota Fitness de Sergipe 2013. Carlos Aragão, hoje com 18 anos, conquistou recentemente o Campeonato Sergipano NABBA 2015, na categoria Sub-Junior e, ainda no mesmo mês, ficou em 4º lugar no Brasileiro. Mas se engana quem pensa que essas boas colocações foram frutos apenas de sorte.
André Zaady - Você começou ainda muito jovem no esporte e conquistou de cara o título de Garoto Fitness daquele ano. Como foi essa sua primeira experiência?
Carlos Aragão - Começou com um convite do dono de uma academia participante, onde eu treinava. Ele perguntou se eu tinha interesse em participar. No início, meio receoso, eu aceitei e acabou dando certo, pois venci a primeira competição logo de cara e daí fui tomando paixão pelo esporte.
André Zaady - Mas como foi o processo preparatório até a sua conquista?
Carlos Aragão - Essa academia, além de fazer minha inscrição, disponibilizou o espaço para os treinos e também a suplementação. Se não fosse esse meu primeiro treinador eu não estaria aqui hoje. No Garoto Fitness eu ainda tinha 16 anos, acho que eu era o mais novo da turma. Quando cheguei no dia do evento, vendo os outros candidatos, até achei que eu não tivesse chance.
André Zaady - Mas você não conhecia nenhum dos seus concorrentes? 
Carlos Aragão - Não tive muito contato com eles pra saber qual era o padrão e segui o que o meu treinador orientava. Ele dizia que eu tinha um shape bacana para área fitness e então decidimos experimentar pra ver no que dava.
André Zaady - O nosso site esteve na última edição fazendo a cobertura e, diferente da últimas competições, o candidato do ano anterior - nesse caso você mesmo - não estava no evento para a entrega da faixa. O quê houve?
Carlos Aragão - Na verdade, quando o evento foi marcado, eu conversei com o organizador e ele disse que queria a minha participação novamente no evento. Mas disse a ele que não era mais o meu objetivo seguir carreira na área fitness, pois eu já tinha planos para entrar no fisiculturismo. Mesmo assim, eu disse que poderia entregar a faixa, mas isso não aconteceu. (Risos)
André Zaady - Você se arrepende de não ter competido novamente? De deixar essa oportunidade de conquistar mais esse título pra seu currículo? 
Carlos Aragão - Toda escolha gera uma consequência. Eu pensei em me arrepender depois, mas hoje vi que não estou arrependido da escolha que fiz, já que estou fazendo agora o que gosto.
André Zaady - E o que a mudança de um esporte para o outro ocasionou em sua vida? Qual foi o impacto dessa mudança?
Carlos Aragão - Apesar do preconceito no início, hoje o fisiculturismo está ganhando muita visibilidade, pois é uma área que exige muito mais do atleta do que na área fitness. Disciplina, treinamento árduo, uma atenção maior com relação à dieta, etc... Então devido à essa complexibilidade, as vantagem no final são muito maiores.
André Zaady - Você participou posteriormente de dois campeonatos sergipanos no campo do fisiculturismo. No primeiro, você ficou em 4º lugar na categoria Men's Phisyque, e um ano depois você muda de categoria e conquista o 1º lugar no Sub-junior. O que foi feito de diferente?
Carlos Aragão - Há muita diferença de um ano para o outro. Sempre existe um aprendizado. Quando entramos numa área que não conhecemos muito bem, que foi o meu caso, acho que o primeiro passo é descobrir quais são os macetes, tudo que envolve a jornada até subir em cima do palco e tudo mais. Acho que esse foi o diferencial. No primeiro campeonato minha mãe aceitou, mas no segundo, quando ela viu minha dieta ficar um pouco mais rigorosa, não se agradou muito e falou que eu estava doente, tentou até me impedir de subir no palco. Mas depois de um ano, com muito diálogo, ela começou a me dar apoio. 
André Zaady - E qual dieta você costuma fazer? 
Carlos Aragão - Não podemos ser tão extremistas. Quando eu estou me preparando para uma competição, estabeleço 12 semanas de uma dieta bem restrita, como só ovos, frango, carne vermelha, batata doce e arroz integral.
André Zaady - E agora qual serão os próximos desafios?
Carlos Aragão - Vencer o campeonato sergipano WBBF, dia 8 de agosto no CIC ( Centro de Convenções de Sergipe), e me classificar pro brasileiro que vai acontecer em São Paulo.

Confira abaixo uma seção de fotos feita pelo nosso site com o atleta.

Ensaio realizado na Academia Léo Fitness

Consultor esportivo na Loja MX Suplementos

Patrocinado pela MX Suplementos

Tem o apoio da Academia Léo Fitness

Estudante de Educação Física Bacharelado 

Começou a treinar a exatamente 6 anos

Hoje o atleta é acompanhado pelo treinador, Alan Freire

publicidade

MAIS ACESSADAS AGORA: