4 dicas para secar e definir o corpo.


Da redação

Dessa vez, atendemos o pedido da internauta, Erika Cristina, 26 anos, da cidade de Aracaju, Sergipe. Que por sentir dificuldades em "esculpir" seu corpo nos enviou um e-mail sugerindo uma pauta detalhada sobre o tema.
Veja agora o passo a passo:

1° Intensifique seu treinamento: um dos erros mais comuns de quem quer dar aquela enxugada no corpo, é usar exatamente o mesmo treino sempre, da época que estava na fase de ganho de massa muscular ate o momento atual. É imprescindível que nessa fase se tenha uma intensidade de treinamento bastante elevada. Não apenas para a manutenção do que já foi conquistado, mas para o aumento da massa muscular geral. Apesar de que esse não ser o objetivo principal, é muito importante que o treino tenha o foco no aumento do tamanho das fibras musculares. Até por que sua dieta vai ser mais restrita, mas não em proteínas. Outro fator que faz isso ser importante é que quanto mais músculos tiver, mais rapidamente conseguirá eliminar as reservas de gordura, já que seu metabolismo será acelerado ainda mais.

2° Não descuide das calorias: Muitas pessoas acham que para reduzir o percentual de gordura precisam de dietas restritivas. Nosso corpo precisa de todos os nutrientes para que a queima lipídica aconteça e você emagreça de verdade. Você tem que consumir proteínas de maneira equilibrada, pois um dos principais erros quando se quer eliminar gordura corporal é o desequilíbrio entre os nutrientes. Se consumir proteína demais, além do que seu corpo precisa, ela não é absorvida e acabará sendo expelida. Outro fator bastante importante é a questão dos carboidratos, eles não devem ser deixados de lado, mesmo que muitas metodologias e dietas assim preguem, pois eles são importantes para a regeneração muscular entre outras funções. A questão toda é o equilíbrio e escolher adequadamente seus alimentos. A Glicose em excesso é convertida em gordura, mas só em excesso. Coma carboidratos de baixo índice glicêmico e tenha moderação, não é necessário deixar eles de fora de sua dieta.
3° Invista no cardio com moderação: Quem busca eliminar gordura pode ter bons resultados com a prática do cardio, mas com cuidado para não exagerar. Excesso de exercícios predominantemente aeróbicos causam desgaste muscular e podem prejudicar seu treino de força. Sem falar que se o seu treinamento for de alta intensidade, o popular HIT, você terá também uma queima de gordura decorrente deste treino. Em alguns casos, o cardio é totalmente dispensável.

Além disso, uma outra característica é muito importante, para quem busca baixar seu percentual de gordura de forma eficaz, sem perder massa magra, é a paciência e o foco. Nesta fase é necessário muito foco para manter a disciplina e não descuidar da dieta, nem do treino e muito menos do descanso. E paciência para aguardar os resultados, que não vão aparecer da noite para o dia. Por isso, tenha foco no objetivo e paciência para que o processo ocorra de forma natural.


4° Aposte nos treinos compostos: Se para a hipertrofia os treinos compostos nem sempre tem um resultado tão positivo, para a queima de gordura eles podem ser de grande valia. Isso por causa de uma característica muito importante, que é a produção de testosterona. Como você vai ter um recrutamento muito maior de fibras musculares, seu sistema endócrino irá liberar mais testosterona. Mas isso só irá acontecer se o seu treino for curto e intenso. Treinos longos, com mais de 40 minutos aproximadamente, irão causar a produção de cortisol, que é o hormônio oposto a testosterona e causa catabolismo de sua massa magra. Invista em treinos que tenham uma intensidade elevada e não ultrapassem a barreira dos 40 minutos na totalidade.








publicidade

MAIS ACESSADAS AGORA: