Mens | Hormônio liberado durante atividade física pode ter efeito terapêutico em casos de covid-19

coronavírus e tenis
Benjamin Hassan, jugando com mascara em torneio de exibição alemão. (Reuters)

Da Redação: DEVITO | devitooficial@yahoo.com. Info.: Terra

Um estudo realizado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), identificou em um hormônio que é liberado durante o exercício físico, um efeito terapêutico em pacientes que contraíram covid-19. O estudo, ainda preliminar, indica que o hormônio irisina, liberado pelos músculos durante a atividade física, pode ajudar durante momentos de emergência com a pandemia.

“Confrontamos as informações sobre os genes importantes na covid-19 com nossos dados do transcriptoma para fazer correlações. O resultado representa uma sinalização positiva para a busca por novos tratamentos nesse momento de emergência com a pandemia", disse Miriane de Oliveira, pesquisadora da Faculdade de Medicina da Unesp, em Botucatu (SP).

Mas vale ressaltar que o estudo está no início e que a depender dos próximos resultados é que teremos a certeza de seus benefícios. "Estamos indicando um caminho de pesquisa para comprovar ou não o efeito benéfico do hormônio em pacientes infectados.” diz Mariane.
publicidade

MAIS ACESSADAS AGORA: