+Esporte | Piloto da F1 Nico Rosberg anuncia aposentadoria


Da redação: contato@eaipersonal.com | Dave Chagas

Aos 31 anos o atual campeão da F1 Nico Rosberg, anunciou sua despedida da elite automobilística, o comunicado foi feito na noite da ultima sexta-feira, 02, durante coletiva da FIA (Federação Internacional de Automobilismo).

  • Em 25 anos no automobilismo, foi meu sonho, meu único, me tornar campeão mundial de F1. Através de trabalho duro, de dor, dos sacrifícios, sempre foi minha meta. E agora eu consegui. Subi minha montanha, estou no meu auge, me sinto bem. Minha emoção mais forte agora é agradecer a todos que me apoiaram por fazer esse sonho acontecer. Esta temporada, digo a vocês, foi muito dura. Fiquei louco depois das decepções nos últimos dois anos, mas elas abasteceram minha motivação a níveis que eu nunca tinha experimentado. E é claro que tive um impacto naqueles que eu amo também: foi um esforço familiar completo de sacrifício, pondo tudo atrás do meu objetivo. Mal posso encontrar palavras para agradecer a minha esposa Vivian: ela tem sido incrível e entendeu que esse era o ano, nossa oportunidade de fazer isso, e abrir o espaço para eu me recuperar por completo entre cada corrida, olhando para nossa filha todas as noites, lidando quando as coisas ficaram difíceis e pondo nosso campeonato como prioridade. Quando venci em Suzuka, do momento onde o destino do título estava em minhas próprias mãos, começou uma grande pressão e comecei a pensar sobre encerrar minha carreira no automobilismo se eu me tornasse campeão mundial. No domingo de manhã em Abu Dhabi, eu sabia que essa poderia ser minha última corrida, e esse sentimento abriu minha cabeça antes da largada. Queria aproveitar cada parte da experiência, sabendo que poderia ser a última... e então as luzes se apagaram, e eu tive as mais intensas 55 voltas de minha vida. Tomei a decisão na segunda-feira à noite. Depois de refletir por um dia, as primeiras pessoas com que falei foram Vivian e Georg [Noite, empresário], e depois com Toto (Wolff). A única coisa que faz essa decisão de qualquer forma difícil é porque eu coloquei minha família do automobilismo em uma situação difícil. Mas Toto entendeu. Ele sabia que eu tinha plena convicção e me tranquilizou. Minha conquista mais orgulhosa no automobilismo será sempre ter sido campeão com essa incrível equipe de pessoas, as Flechas Prateadas. Agora estou aqui só curtindo o momento. Haverá tempo para saborear nas próximas semanas, para refletir sobre a temporada e para aproveitar cada experiência que virá em meu caminho. Depois, vou virar a próxima curva em minha vida e ver o que tem para mim..."”, declarou o piloto.
publicidade

MAIS ACESSADAS AGORA: